sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Ah! no tempo da minha avó......

Então esses dias estava curtindo o tal ocio do oficio e pensei em um método revolucionario de educaçao, kkkk daí resolvi postar aqui!
Eu penso que devemos continuar educando nossos filhos assim, como se fossem um bando de retardados que temos de sustentar, vamos comprar uma televisão, e deixar assistirem o que quiserem, sem impor regra alguma: orgias, prostituição, violência, adultério afinal estamos em tempos modernos. Dialogo? Pra que? Ah já chegamos tão cansados do trabalho, o cotidiano é tão sufocante, não vamos perder nosso tempo conversando, ninguém mais hoje em dia ta preocupado com esse negocio de repassar valores, virtudes isso é coisa da antiguidade, o que devemos fazer é nunca dizer não a eles, deixar de impor limites, vamos arrumar toda bagunça que eles fazem sair recolhendo tudo que deixam jogado pela casa, quando chegarem com algo diferente em casa,não precisamos perguntar de quem é, não vamos observar o que os nossos filhos fazem, nem com quem andam ou passam a noite teclando em uma sala de bate-papo, vamos deixá-los achando que podem fazer tudo que querem, assim quando estiverem presos por roubarem um carro vão achar que estão sendo injustiçados, não precisamos mais impor respeito, deixemos eles falarem em qualquer tom de voz conosco, nos xingarem de nomes obscenos, dizer que somos caretas, ultrapassados, velhos, e desse jeito vão crescer achando que são os “supra-sumos” da modernidade e que o mundo gira em torno de seus umbigos, assim quando alguém não fizer o que quiserem, se sentirão frustrados, ou entenderão que podem obrigá-lo a fazer, vamos comprar tudo que pedirem, sem fazê-los entender o valor das coisas, sem exigir mérito nenhum, dar tudo de mão beijada,vamos a escola somente em ultimo caso pra brigarmos com os professores, sem procurar saber como anda o desempenho deles, e claro que eles sempre tem que estar com a razão, é isso vamos fazer diferente do que nossos pais fizeram conosco, o liberalismo tem que imperar, então crescerão achando que são onipotentes, que não existe parâmetros nem limites, e quando tiverem oportunidade não vão achar estranho roubar o dinheiro publico, dar um desfalque na empresa em que trabalham, prejudicar os outros por seus próprios interesses, e a cada dia aumentarem o egoísmo. Nossa preocupação tem que ser em deixar um mundo melhor para nossos filhos, deixar filhos melhores para o mundo, já exige mais trabalho tempo e sutileza e isso hoje em dia é o que temos de menos. São os tempos modernos!

5 comentários:

maritssa disse...

Bem pensado! estamos vivendo na era em que os pais trocaram de lugar com os filhos, os pais estão cada vez mais submissos, não que tenha de haver uma ditadura por parte dos pais, mas o respeito e consciencia é fundamental sempre, os pais são responsaveis por moldar em grande parte o carater dos filhos e isso exige uma certa corção e autoridade!

Anônimo disse...

Eu sou contra violencia, acho que uma amizade sincera entre pais e filhos sim é fundamental, e não construir barreiras entre pais e filhos

Deiviane disse...

Mas ninguem ta falando em violencia, a questão é participar da educação e da historia de nossos filhos exercendo uma influencia positiva,afinal os fins justificam os meios!

Anônimo disse...

isso é uma ironia né?

Bruno disse...

A verdade é que não se fazem mais filhos como os de antigamente!